Whirpool_Capa

WHIRLPOOL: Fechamento de capital após 40 anos de crescimento


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 19/Jul/2016.

 

“A ciência avançada de hoje será o eletrodoméstico de amanhã”
Hamel & Prahalad
professores e autores do best-seller “A riqueza na base da pirâmide”

A história da Whirlpool começa pela Multibrás S.A., uma indústria de aparelhos domésticos constituída em 1957 em São Paulo. A Multibrás comercializava os produtos com a marca Brastemp e devido à grande aceitação e expansão da marca, decidiu-se em 1972 mudar a denominação social de Multibrás S.A. Indústria de Aparelhos Domésticos para Brastemp S.A.

De 1976 a 1994 a companhia cresceu fazendo aquisições, ano em que a Brastemp S.A. tornou-se uma companhia de capital aberto, alterando a sua razão social para Multibrás S.A. Eletrodomésticos e incorporando as empresas Consul S.A. e Semer S.A., e tornando-se a maior empresa de eletrodomésticos da América Latina.

Em 1997, a Whirlpool Corporation adquiriu o controle acionário da Multibrás e a Multibrás passou, então, a gerir as operações de manufatura e comercialização de produtos da linha branca para a América Latina. Nos anos seguintes a companhia fez incursões no cone sul expandindo suas operações. Em 2000 , por meio de oferta pública, adquiriu a quase totalidade das ações da Multibrás, passando a deter cerca de 98% (noventa e oito por cento) de seu capital total e em  2006, incorporou EMBRACO, mudando a denominação social da Companhia para Whirlpool S. A. (Fonte: Empresa).

Atualmente a Whirlpool Corporation é a maior fabricante mundial de eletrodomésticos, com vendas anuais de aproximadamente 18 bilhões de dólares, com mais de 73 mil funcionários e mais de 70 centros de produção e pesquisa ao redor do mundo. A companhia é detentora de diversas marcas, como Whirlpool, Consul, Maytag, KitchenAid, Jenn-Air, Amana, Inglis, Estate, Brastemp, Bauknecht entre outras. A sede da corporação localiza-se em Michigan, EUA e sua subsidiária brasileira (Whirlpool S. A.), no municipio de Joinville, SC.(Fonte: Wikipédia).

Botão_FiquePorDentro

Veja agora o que o nosso Banco de Dados SABE tem a mostrar sobre a Whirlpool: Gráfico de Evolução de Receitas X Resultados Líquidos de 1994 a 2015, “Radar de Desempenho Econômico-Financeiro de 2011 a 2015, incluindo a comparação 1T2015 X 1T2016” e desempenho em bolsa das ações WHRL4 (WHIRLPOOL PN) nos últimos 4 anos.

Receitas X resultados Líquidos em 22 anos da WHIRLPOOL (Consolidado)Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Receitas X resultados Líquidos em 22 anos da WHIRLPOOL (Consolidado)
Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Radar de Desempenho Econômico-Financeiro da WHIRLPOOL (Consolidado)Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Radar de Desempenho Econômico-Financeiro da WHIRLPOOL (Consolidado)
Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Nos últimos 5 anos cresceram as contas patrimoniais, as receitas e o resultado antes do resultado financeiro e tributos (EBIT) da Whirlpool. De 2014 para 2015 a empresa teve queda de receitas e de resultados, com destaque para a significativa queda de 59% do lucro (R$714 milhões para R$291 milhões). O endividamento líquido cresceu no período de 2011 a 2015 com taxa anual acumulada acompanhando o crescimento das contas citadas.

Na comparação do 1T2015 versus 1T2016, a Whirlpool teve pequeno aumento nas receitas, queda de 36% do EBITDA, mas cresceu o lucro em quase 10%. Destaque para a redução de quase 4% da sua dívida líquida. Veja a seguir como foi o desempenho ações WHRL4 (WHIRLPOOL PN).

Evolução Trimestral da Ação WHRL4 (WHIRLPOOL PN)Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

Evolução Trimestral da Ação WHRL4 (WHIRLPOOL PN)
Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

De 30/Set/2011 a 15/Jul/2016 a ação WHRL4 obteve uma valorização de 37%. A cotação ajustada de fechamento do papel saiu de R$2,27 e atingiu R$3,11 no final do período (a cotação máxima foi de R$3,95 em 30/Dez/2014 e a mínima de R$2,27 em 30/Set/2011). No mesmo intervalo de tempo o Ibovespa subiu 6,22%.

 

COMENTÁRIOS FINAIS

A Whirlpool pertence ao setor de Utilidades Domésticas que possui 10 companhias listadas na bolsa. Em 2015 a empresa foi a líder isolada do segmento por receitas com 76% de market-share (R$9,4 bilhões), seguida da Positivo Informática (15% de market-share), ambas com quedas de faturamento de  3% e 21%, respectivamente, em relação ao ano anterior. No ranking de resultados líquidos a Whirlpool ocupou também a 1ª posição (R$291 milhões) seguida da Brasmotor (R$ 130 milhões), ambas com quedas próximas a 60% nos lucros em relação a 2014.

Conforme noticiado em 12/Jul/2016 pelo Portal Cias. Brasil, a Whirlpool anunciou que a sua acionista controladora Whirlpool do Brasil pretende adquirir até 100% das ações ordinárias e preferenciais em circulação no mercado, por meio da realização de uma oferta pública de aquisição de ações (OPA). O objetivo é cancelar o registro de companhia aberta na CVM. Se a operação for bem sucedida, as ações da companhia deixarão de ser negociadas na BM&FBOVESPA. A empresa pretende recomprar as ações ao preço de R$ 3,31 cada uma, o que confere à subsidiária brasileira um valor de R$ 4,97 bilhões. Atualmente, o grupo Whirlpool já detém 95% do capital da companhia.

Seguindo a lógica de movimentos especulativos de curto prazo, as ações WHRL4 registraram no fechamento do mercado daquele dia elevados ganhos de quase 22%, cotadas a R$ 3,15, ainda R$ 0,16 abaixo do valor esperado com a OPA. Tomando como base que abrir o capital é uma decisão estratégica que permite que a empresa tenha acesso às alternativas que o mercado de capitais proporciona por meio de diversas fontes de financiamento a custo muito menor do que as oferecidas pelo sistema bancário questionamos as razões pelas quais uma companhia decide fechar seu capital. Em artigo nosso publicado em Fev/2016 sob o título “Fechamento de capital: até quando?”, chamamos a atenção para o movimento de “deslistagem” de 2015 em diante em que cerca de 30 companhias deixaram de ser listadas na CVM pelo motivo de “Cancelamento Voluntário”. Surge então a indagação: por que uma companhia decide fechar seu capital após crescer durante 40 anos?

Curiosamente, em Mai/2016, o presidente da Whirlpool S. A. na América Latina, João Carlos Brega, via no então provável impeachment de Dilma Rousseff e ascensão de Michel Temer ao comando do país como fator a trazer “esperanças renovadas” para restabelecer a previsibilidade política no país e acabar com a recessão. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo realizada à época, ele refutou veementemente a possibilidade de alta de impostos e defendeu uma presença menor do Estado na economia, com enxugamento dos gastos públicos. (Fonte: Infomoney).

A SABE Consultores tem o propósito de compartilhar informações úteis e atualizadas sobre as empresas brasileiras. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre o desempenho da Whirlpool.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response