Top10_2016_Capa

Top 10 Empresas – 2016: Petrobras lidera em Receita, EBITDA e Prejuízo!


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 18/Abr/2017.

 

Terminada a temporada de Balanços de 2016 mostramos nesta publicação as 10 maiores Empresas (Não Financeiras) de Capital Aberto com ações em bolsa por: Receitas Líquidas, Geração de Caixa medida pelo EBITDA e Resultados Líquidos (Lucros e Prejuízos). Os gráficos abaixo ilustram o resultado do estudo.

Top 10 por Receitas, EBITDA e Resultados - Empresas Não Financeiras – 2016 (R$ Milhões)Fonte: SABE ©– Powered by Maestro ©

Top 10 por Receitas, EBITDA e Resultados – Empresas Não Financeiras – 2016 (R$ Milhões)
Fonte: SABE ©– Powered by Maestro ©

Como alertamos no artigo “Temporada de Balanços 2016: O Ano que não aconteceu!”, algumas empresas tiveram resultados extraordinários, que não deverão se repetir em 2017, favorecidas pela queda do dólar (Exportadoras) ou por indenizações (Setor Elétrico).

Botão_FiquePorDentro2

Fazendo agora uma reflexão sobre as empresas com os 10 maiores lucros e prejuízos, podemos perceber a difícil situação em que se encontram as empresas com resultado negativo analisando a relação Dívida Líquida/EBITDA:

Top 10 por Lucros, Prejuízos e Dívida Líquida/EBITDA - Empresas Não Financeiras – 2016 (R$ Milhões)Fonte: SABE ©– Powered by Maestro ©

Top 10 por Lucros, Prejuízos e Dívida Líquida/EBITDA – Empresas Não Financeiras – 2016 (R$ Milhões)
Fonte: SABE ©– Powered by Maestro ©

  • Das empresas com os maiores lucros apenas Eletrobras, Klabin e Vale apresentam esse indicador “em alerta”, acima do padrão de mercado de 3 vezes;
  • Das empresas com os maiores prejuízos TODAS sem exceção apresentam o mesmo indicador em status de “alerta” ou de “perigo” (caso de Gerdau, Gerdau Met e Pão de Açúcar), sendo algumas com EBITDA negativo, a saber: Gafisa, PDG Realt, e Renova.

A SABE Consultores tem a missão de “organizar informações financeiras sobre as empresas brasileiras e torná-las acessíveis e úteis” e acredita que as empresas conscientes atuam de maneira a criar valor não só para si mesmas, mas também para seus clientes, colaboradores, fornecedores, investidores, comunidade e meio ambiente ou usando o jargão do momento para seus “stakeholders”. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro2

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre este Artigo.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

 

 

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response