Temporada de Balanços – 9 Meses de 2015 (II)

Temporada de Balanços – 9 Meses de 2015 (II)


Por Luiz Guilherme Dias

Dando continuidade à Temporada de Balanços (I), neste artigo mostramos os resultados dos balanços dos 9 meses de 2015 publicados sobre 52 empresas não-financeiras (setor produtivo). O retrato, embora menos dramático que o mostrado no artigo anterior, continua evidenciando os efeitos malignos da situação econômica em que se encontra o nosso país, muito influenciada pela fragilidade da política que vem sendo praticada pelo governo federal.

Nos primeiros 9 meses de 2013 essas 52 companhias totalizaram um resultado positivo de pouco mais de R$34bilhões; em igual período de 2015 o total caiu 96% para pouco mais de R$1,2bilhões. Se não considerássemos o prejuízo da Vale de R$11,8bilhões ainda assim a queda seria grande da ordem de 62%.

O gráfico a seguir ilustra o retrato da situação atual com a forte queda de resultados das empresas do setor produtivo nos primeiros nove meses de 2015. Esperamos que os balanços ainda não publicados tragam números melhores. A ver!

Total de Resultados Líquidos (R$MM) – 52 Empresas Não Financeiras – 9 Meses 2013 a 2015. Fonte: SABE ©

Total de Resultados Líquidos (R$MM) – 52 Empresas Não Financeiras – 9 Meses 2013 a 2015.
Fonte: SABE ©

As planilhas a seguir mostram os resultados líquidos dessas 52 companhias, estando 36 com lucros e 16 com prejuízos. Ambev, BRF e TIM lideram o ranking de lucros, enquanto que Vale, Usiminas e Gerdau Met continuam sendo as primeiras do ranking de prejuízos até o momento. Um dado curioso é que a soma dos lucros de 36 companhias (R$22,5bilhões) é muito próxima da soma dos prejuízos de 16 companhias (R$21,3bilhões), quase que anulando os efeitos dos lucros gerados pelas empresas desta amostra de resultados financeiros dos 9M2015.

Lucros/Prejuízos (R$M) – 52 Empresas Não Financeiras – 9 Meses 2013 a 2015. Fonte: SABE ©

Lucros/Prejuízos (R$M) – 52 Empresas Não Financeiras – 9 Meses 2013 a 2015.
Fonte: SABE ©

Continuamos diariamente acompanhando os resultados do 3º trimestre deste ano e atualizando nosso Banco de Dados SABE, não só com as empresas como também com os bancos.

Sobre os Bancos antecipamos, como de costume, boas notícias, pelo menos por enquanto: na contramão do setor produtivo seis bancos cujos balanços foram publicados até o momento apresentaram crescimento de 96% (idêntico à queda das empresas financeiras) na comparação de 9M2013 contra 9M2015. São eles: Itauunibanco, Bradesco, Santander BR, BTGP Banco, Merc Invest e Banco Pan.

Manteremos você informado com novas informações financeiras sobre as companhias de capital aberto.

Deixe o seu comentário sobre este artigo ou solicite uma pesquisa do seu interesse. Pode ser sobre uma companhia, um setor de atividade ou mesmo sobre um tema de seu interesse. Até a próxima!

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response