Stakeholder5_Capa

Stakeholder (Fornecedores): Qual a sua importância para o sucesso de uma empresa?


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 16/Fev/2017.

 

“Quem não vive para servir, não serve para viver”

Gandhi

Este artigo é o 5º da série sobre “Stakeholders” (clique aqui para ler o 4º da série). Nele damos continuidade ao resumo e adaptação de alguns capítulos do livro “Capitalismo Consciente – Como libertar o espírito heroico dos negócios”, editado pela HSM, que discute o papel e a importância das empresas conscientes, que atuam de maneira a criar valor não só para si mesmas, mas também para seus clientes, colaboradores, fornecedores, investidores, comunidade e meio ambiente ou usando o jargão do momento para seus “stakeholders”.

Para ilustrar de maneira objetiva a importância do Fornecedor para o sucesso de uma empresa, mostramos a evolução da Conta “Fornecedores” do Passivo Circulante com base nas informações dos Balanços Patrimoniais consolidados de nosso Banco de Dados SABE.

Relembrando a teoria contábil, o Passivo Circulante agrupa as contas que representam obrigações da empresa para com terceiros no curso do exercício seguinte. Ex.: Salários a Pagar, Fornecedores, Impostos a Pagar, Empréstimos Bancários etc. São as obrigações (dívidas) exigíveis que deverão ser pagas até o fim do exercício seguinte. Neste grupo são escrituradas as obrigações da entidade, inclusive financiamentos para aquisição de direitos do ativo não-circulante, quando se vencerem no exercício seguinte. A conta “Fornecedores” inclui: Duplicatas a pagar, Energia elétrica a pagar, Prêmio de seguros a pagar, dentre outras obrigações. (Fonte: www.socontabilidade.com.br).

Botão_FiquePorDentro2

Veja agora o que o nosso Banco de Dados SABE tem a mostrar sobre a Conta “Fornecedores” de 246 empresas não financeiras. O crescimento desta Conta foi de 11,12% de 2013 para 2014 e de 12,28% de 2014 para 2015, ambos pouco acima da inflação nesses períodos.

Fornecedores – 2013 a 2015 (R$ Milhões)Fonte: SABE © - Powered by Maestro ©

Fornecedores – 2013 a 2015 (R$ Milhões)
Fonte: SABE © – Powered by Maestro ©

Em 2015 os 10 maiores valores de “Fornecedores” totalizaram R$118 bilhões (55 % do total) pelas seguintes empresas: Petrobras, P.Acucar-CBD, Vale, Jbs, Braskem, Ambev S/A, Eletrobras, Telef Brasil, BRF SA e Lojas Americ.

Para John Mackey e Raj Sisodia, autores do livro mencionado, é praticamente impossível ter sucesso em qualquer negócio sem uma forte rede de fornedores. Nenhuma empresa consegue ser boa em tudo, de modo que as mais “inteligentes” concentram-se no que sabem fazer bem e deixam o “resto” a cargo de fornecedores e outros parceiros. Empresas que não têm boas relações com sua rede de fornecedores tornam-se competitivamente vulneráveis.

Ter relacionamentos saudáveis com fornecedores é fundamental para a vantagem competitiva e o sucesso dos negócios em longo prazo. Atualmente, em média, cerca de 70% a 80% do valor que as empresas entregam a seus clientes é criado por esses parceiros. Apesar de sua grande importância, no entanto, os fornecedores permanecem como os mais neglicenciados stakeholders da maioria das companhias, o que é um grave erro estratégico.

Todo negócio bem-sucedido sabe o valor dos clientes e fornecedores. Cada vez mais discute-se a importância dos membros da equipe, e muitas empresas tentam agora agir com mais responsabilidade social para com suas comunidades e o meio ambiente. Somente os fornecedores ainda buscam ser reconhecidos, esperando o mesmo tratamento, cortesia e respeito dispensados aos demais stakeholders.

É necessário se esforçar para cultivar um bom relacionamento com os fornecdores, tal como se faz com os clientes favoritos. Melhorando o relacionamento com os fornecedores a empresa não só desenvolve a sua cadeia de produção e fornecimento como também aumenta a competitividade do seu negócio. Para conseguir isso, há que se pensar nos fornecedores como se fossem clientes.

Toda a cadeia de fornecimento é valiosa, mas alguns fornecedores se revelam mais cruciais para o sucesso do negócio do que outros e, como tal, devem ser tratados como parceiros. Segundo os autores, para construir uma rede de fornecedores valiosa, a companhia deve se fazer uma série de perguntas, como a seguir:

  • qual deles nos dá vantagem competitiva?
  • quais relacionamentos são mais importantes para o nosso sucesso?
  • como melhorar a parceria com eles?, como criar mais confiança?, como ser mais transparente?
  • os fornecedores compartilham nosso compromisso com um relacionamento de longo prazo?

A mentalidade de parceria contrasta com a visão clássica de fornecedores como adversários, de quem a empresa tenta extrair o máximo de valor possível pelo menor preço. Dessa forma a relação fica parecida com uma “queda de braço” onde cada lado tenta tirar o máximo proveito do outro. No mundo atual de alta competitividade a saída é buscar a cooperação e colaboração com a cadeia de fornecimento com o objetivo de criar valor superior para os clientes e demais stakeholders.

COMENTÁRIOS FINAIS

As informações obtidas dos “Fornecedores” das empresas do nosso Banco de Dados SABE evidenciam a difícil situação econômico-financeira que as companhias abertas brasileiras vem enfrentando nos últimos anos. Para enfrentar crises, é necessário ter a consciência que o propósito maior de uma empresa inclui a realização de lucros, mas acima de tudo a criação de valor para TODOS os públicos de interesse, principais ou secundários, cuja integração é chave para o sucesso do negócio.

A SABE Consultores tem o propósito de “organizar informações financeiras sobre as empresas brasileiras e torná-las acessíveis e úteis” e acredita que as empresas conscientes atuam de maneira a criar valor não só para si mesmas, mas também para seus clientes, colaboradores, fornecedores, investidores, comunidade e meio ambiente ou usando o jargão do momento para seus “stakeholders”. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro2

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre este Artigo.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response