Marfrig_Capa

MARFRIG: Uma gigante internacionalizada que ainda não deu resultado!


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 12/Jan/2017.

 

“Existem inúmeras marcas de luxo. Na grande maioria são luxos da cidade. Precisamos desenvolver os luxos do campo. Há um enorme mercado para isso”
Miguel Cavalcanti – CEO do BeefPoint

Fundada em 2000, a MARFRIG é uma empresa global de alimentos à base de carnes bovina, suína, de aves e peixes. Sua plataforma operacional é composta por 47 plantas de processamento, centros de distribuição e escritórios no Brasil e em 11 países da América do Sul, América do Norte, Europa, Oceania e Ásia. Considerada uma das companhias brasileiras de alimentos mais internacionalizadas e diversificadas, seus produtos estão presentes hoje em 100 países. Com aproximadamente 90 mil funcionários, o Grupo MARFRIG é o maior produtor de ovinos na América do Sul, a maior companhia de carnes na Argentina, o maior produtor de aves no Reino Unido e a maior companhia privada no Uruguai e na Irlanda do Norte.

O Grupo MARFRIG é composto das seguintes divisões de negócios:

  • Marfrig: empresa que deu origem ao negócio, iniciou suas atividades como distribuidora de cortes especiais de carne bovina para grandes redes de restaurantes na cidade de São Paulo;
  • Marfood USA: produtora e distribuidora de alimentos americana é especialista em beef jerky, um alimento emblemático das culturas da América do Norte;
  • Tacuarembó: maior empresa privada do Uruguai. Com operações industriais também no Chile, se dedica à produção de carne bovina cozida e congelada, carne bovina desidratada (beef jerky), bresaola, carne orgânica certificada e à produção e comercialização de carne ovina;
  • Keystone Foods: opera 54 unidades de produção e centros de distribuição, atendendo a mais de 28 mil restaurantes em 13 países. É líder mundial em produtos alimentícios e em serviços de distribuição customizada para grandes redes globais de restaurantes. (Fonte: Wikipédia).

As atividades da Companhia dividem-se em produção, processamento, industrialização, venda e distribuição de proteína animal (bovinos, ovinos e aves) e outros produtos alimentícios variados, tais como empanados, pratos prontos, peixes, vegetais congelados, sobremesas, entre outros.

Botão_FiquePorDentro2

A MARFRIG possui capacidade anual de produção de 982 mil toneladas de alimentos industrializados e capacidade anual de processamento de 5,0 milhões de cabeças de gado, 476,5 milhões de frangos, 8,8 milhões de perus e 3,0 milhões de ovinos. Essa plataforma de produção confere capacidade de crescimento significativa à Companhia, bem como a habilidade de se proteger contra riscos inerentes ao setor. (Fonte: Empresa).

Veja agora o que o nosso Banco de Dados SABE tem a mostrar sobre a MARFRIG: “Radar de Desempenho Econômico-Financeiro de 2011 a 2015, comparação 9M2015 X 9M2016”, distribuição de valor adicionado (DVA) e desempenho em bolsa da ação MRFG3 (MARFRIG ON).

Radar de Desempenho da MARFRIG - R$Milhões (Consolidado)Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Radar de Desempenho da MARFRIG – R$Milhões (Consolidado)
Fonte: SABE © powered by MAESTRO

De 2011 a 2015 a MARFRIG teve um desempenho negativo de contas patrimoniais e de resultado medidos pela taxa composta de crescimento anual (CAGR): em 2015 seu patrimônio líquido despencou 59% em relação a 2014. No período 2011-2015 a empresa só deu prejuízo. Embora com queda de 2014 para 2015, a dívida líquida da empresa possui uma relação de quase 9 vezes em relação ao seu EBITDA. O valor adicionado líquido também teve crescimento negativo e a distribuição de valor adicionado (DVA) cresceu pouco (8%) na taxa CAGR; em 2015 a empresa entregou R$8,4 bilhões de valor adicionado a seus stakeholders.

Olhando agora o desempenho recente da empresa pela comparação dos 9M2015 versus os 9M2016, a MARFRIG teve recuperação de seu patrimônio líquido com crescimento de 48%, além da redução de sua dívida líquida em quase 8%, mas mantendo alta relação com EBITDA (9,33 vezes). Pelo lado dos resultados, teve leve aumento de receita, mas abaixo da inflação, queda de geração de caixa medida pelo EBITDA e aumento do prejuízo: resultado líquido negativo de R$371 milhões nos 9M2016. Por outro lado nos 9M2016 a empresa teve queda expressiva de 32% na distribuição de valor para seus stakeholders, refletindo seu fraco desempenho atual.  Veja a seguir como foi o desempenho dos preços da ação MRFG3 (MARFRIG ON).

Evolução Trimestral da Ação MRFG3 (MARFRIG ON)Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

Evolução Trimestral da Ação MRFG3 (MARFRIG ON)
Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

De 30/Mar/2012 a 10/Jan/2016 a ação MRFG3 teve uma desvalorização de 46%. A cotação ajustada de fechamento do papel saiu de R$11,50 e fechou em R$6,16 no final do período (a cotação máxima foi de R$11,80 em 28/Set/2012 e a mínima de R$4,00 em 30/Dez/2013). No mesmo intervalo de tempo o Ibovespa caiu quase 4,00%.

COMENTÁRIOS FINAIS

A MARFRIG faz parte do Setor de Alimentos e Bebidas composto de 14 empresas listadas em bolsa. Em 2015 ocupou a 4ª posição em receitas líquidas com R$19 bilhões, queda de 10% em relação a 2014. Pela ótica de resultados líquidos a companhia ocupou a penúltima posição no ranking com prejuízo de R$539 milhões, superando apenas a Minerva (prejuízo de R$800 milhões).

Em sua Mensagem sobre o Desempenho do 3º trimestre de 2016, a Administração da companhia informou que o seu resultado reflete a continuidade do sólido desempenho da Keystone e o cenário desafiador da divisão Beef, influenciado pela apreciação do real em relação ao dólar e pelo elevado custo do gado. Mesmo nesse contexto, o EBITDA Ajustado 3T16 da Marfrig totalizou R$ 341 milhões, sendo que o fluxo de caixa livre foi positivo em R$ 39 milhões.  Nos primeiros 9 meses do ano, a Companhia registrou EBITDA Ajustado de R$ 1.199 milhões, com margem de 8,4% e fluxo de caixa livre negativo em R$ 29 milhões; o fluxo positivo no 3º e 2º trimestres de 2016 reverteram parcialmente o fluxo de caixa negativo do início do ano. Em linha com sua estratégia de Liability Management, a Marfrig liquidou em Ago/2016 a nota sênior com vencimento em 2017. Considerando o novo bond 2023, as recompras feitas no 2T16 e a liquidação que ocorrerá em Nov/2016 da nota sênior 2016, a Companhia espera ter uma economia de juros anuais em torno de US$ 10 milhões.

Sobre o Guidance 2016: em função da melhor visibilidade do cenário macroeconômico e setorial, a MARFRIG decidiu rever o guidance de resultados divulgado em Fev/2016. Os principais fatores que levaram a essa alteração foram (i) o novo patamar de câmbio médio; (ii) a redução dos preços de commodities no mercado internacional; (iii) contração dos spreads de bovinos; (iv) e a manutenção de uma planta operacional na Argentina.

A SABE Consultores tem o propósito de “organizar informações financeiras sobre as empresas brasileiras e torná-las acessíveis e úteis” e acredita que as empresas vencedoras são as que atuam de maneira a criar valor não só para si mesmas, mas também para seus clientes, colaboradores, fornecedores, investidores, comunidade e meio ambiente. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro2

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre este Artigo.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response