Equatorial_Capa

EQUATORIAL: Receitas crescem pouco, mas lucro sobe 25,46% no 1T2016


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 28/Jun/2016.

 

“É mais fácil transformar energia química em energia elétrica
do que transformar a ignorância humana em bondade”
João Marcos Brandet
, pesquisador brasileiro

A Equatorial Energia S.A. (anteriormente denominada Brisk Participações S.A.) foi constituída em Jun/1999 pela PPL Global LLC, inicialmente, para participar do leilão de privatização da CEMAR (Companhia Energética do Maranhão).

A CEMAR foi privatizada em Jun/2000 no âmbito do PND (Programa Nacional de Desestatização do Governo Brasileiro), tendo sido adquirida pela Equatorial que, na ocasião, era uma sociedade controlada indiretamente pela PPL Global LLC. Criada em 1958 com o propósito de distribuir energia elétrica em todo o Estado do Maranhão, a partir de 2001 a CEMAR passou a apresentar problemas econômico-financeiros, colocando em risco a adequada prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica no Estado do Maranhão. Em Fev/2004, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou o plano de reestruturação da CEMAR, implementado em Abr/2004, quando a GP Investimentos adquiriu o controle da Companhia.

Em Set/2012, no contexto do Plano de Recuperação Judicial da CELPA (Centrais Elétricas do Pará S.A.), a Equatorial assinou com os controladores da CELPA um Contrato de Compra e Venda de Ações e Outras Avenças, cuja consumação da aquisição ocorreu em Nov/2012, ocasião em que a CELPA passou a ser uma controlada da Companhia.

A Equatorial Energia é uma atualmente uma holding com atuação no setor elétrico brasileiro, nos segmentos de i) distribuição, que explica 95% do resultado da Companhia, através da CEMAR e da CELPA, ii) geração através da Termoelétrica Geramar, iii) comercialização através da Sol Energias, e (iv) serviços através da Equatorial Soluções. (Fonte: Empresa).

Botão_FiquePorDentro

Veja agora o que o nosso Banco de Dados SABE tem a mostrar sobre a Equatorial: “Radar de Desempenho Econômico-Financeiro de 2011 a 2015, incluindo a comparação 1T2015 X 1T2016” e desempenho em bolsa das ações EQTL3 (EQUATORIAL ON) nos últimos 4 anos.

Radar de Desempenho Econômico-Financeiro da Equatorial (Consolidado) - Fonte: SABE ©

Radar de Desempenho Econômico-Financeiro da Equatorial (Consolidado) – Fonte: SABE ©

De 2011 a 2015 a Equatorial cresceu de modo consistente em ativos, patrimônio, receitas e resultados. O endividamento bruto cresceu acompanhando a expansão da companhia. Na comparação do 1T2015 x 1T2016, a empresa teve um comportamento similar ao dos últimos 5 anos, com pequenas diferenças no resultado bruto e EBIT que caíram, mas sem prejudicar o lucro que cresceu mais de 25%. Veja a seguir como foi o desempenho ações EQTL3 (EQUATORIAL ON).

Evolução Trimestral da Ação EQTL3 (EQUATORIAL ON). Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

Evolução Trimestral da Ação EQTL3 (EQUATORIAL ON). Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

De 30/Jun/2011 a 24/Jun/2016 a ação EQTL obteve uma valorização próxima a 334%. A cotação do papel saiu de R$10,47 e subiu até atingir R$46,60 no final do período (a cotação máxima foi de R$46,60 em 24/Jun/2016 e a mínima de R$2,48 em 30/09/2011). No mesmo intervalo de tempo o Ibovespa teve uma queda de 18,15%.

COMENTÁRIOS FINAIS

A Equatorial pertence ao setor de Energia Elétrica com 42 companhias da bolsa. Em 2015 a empresa foi a 12ª colocada por receitas com 2,86% de market-share (R$7,1 bilhões) e ocupou a 6ª posição em resultado líquido, com lucro de R$960 milhões, aumento de 23% em relação a 2014. O setor como um todo obteve um resultado líquido de R$1,3 bilhões, representando queda de 89% em relação a 2014.

Segundo informações do Relatório dos Resultados do 1T2016, a companhia prevê investimentos na distribuição e na geração, excluindo os investimentos diretos relacionados ao PLPT (Programa Luz Para Todos), como segue:

  • CEMAR: R$106 milhões no 1T16, aumento de 53,5% em relação ao 1T15, focados em expansão da capacidade de transformação da rede de distribuição, tendo em vista o contínuo crescimento na demanda de energia do estado; Ao final do 1T16, foi alcançada a marca de 335 mil clientes ligados à rede de distribuição de energia elétrica da CEMAR através do PLPT, gerando um benefício direto a 1,6 milhão de habitantes no Estado do Maranhão. O PLPT já está presente em todos os 217 municípios maranhenses, contribuindo para o desenvolvimento de áreas isoladas dos aglomerados urbanos e para a geração de renda nestas localidades;
  • CELPA: R$108 milhões no 1T16, representando queda de 45,0% em relação ao 1T15, resultante do expressivo volume de investimentos realizados naquele trimestre; Ao final do 1T16, foi alcançada a marca de 386 mil clientes ligados à rede de distribuição de energia elétrica da CELPA através do PLPT, gerando um benefício direto a 1,9 milhão de habitantes no Estado do Pará. O PLPT já está presente em todos os 144 municípios paraenses, contribuindo para o desenvolvimento de áreas isoladas dos aglomerados urbanos e para a geração de renda nestas localidades;
  • Geramar: o investimento no 1T16 refere-se à manutenção das plantas, uma vez que a fase de construção foi totalmente concluída no início de 2010. O valor investido de R$ 3 milhões é proporcional à participação de 25% que a Equatorial detém na geradora.

A SABE Consultores tem o propósito de compartilhar informações úteis e atualizadas sobre as empresas brasileiras. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre o desempenho da Equatorial.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response