Ecorodovias_Capa

EcoRodovias: Prejuízo de R$1 bilhão nos 9M2016


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 13/Dez/2016.

 

“A felicidade não está na estrada que leva a algum lugar. A felicidade é a própria estrada”

Bob Dylan – Cantor, Escritor e Prêmio Nobel de Literatura 2016

A história da EcoRodovias foi iniciada em 1997 pela Primav Construções e Comércio Ltda, do Grupo CR Almeida, empresa com 50 anos de atuação no setor de construção pesada e responsável por importantes projetos de infraestrutura no Brasil. A partir de 1998, passou a contar com a parceria estratégica da européia Impregilo International N.V., do Grupo Impregilo S.p.A, maior construtora de capital aberto da Itália, primeiramente na Ecovias dos Imigrantes, e, em 2002, na EcoRodovias, por meio de compra de participação acionária. Em 2013, a Impregilo vendeu sua participação acionária na EcoRodovias. Em Mai/2016, o Gruppo Gavio, um dos maiores conglomerados de infraestrutura da Itália, com mais de 1.400 Km de rodovias sob administração, passou a fazer parte do grupo de controle da EcoRodovias. (Fonte: Empresa).

A EcoRodovias é uma empresa de gestão rodoviária, portuária, aeroportuária e de logística multimodal com sede em São Bernardo do Campo, SP, com o propósito específico de administrar, por um período de 20 anos, as rodovias que compõem o lote 12 do Programa Estadual de Desestatização e Parcerias, do governo do estado de São Paulo. O Grupo EcoRodovias é uma das principais companhias de infraestrutura logística do Brasil, com cerca de 6 mil colaboradores, 5 concessionárias de rodovias e 15 unidades de logística com atuação em três Estados das Regiões Sul e Sudeste.

Botão_FiquePorDentro2

Um dos compromissos do programa de concessão é propiciar condições adequadas de tráfego, segurança e conforto aos trechos que passaram a ser administrados por concessionárias com capital privado, liberando os recursos do Estado para outras atividades. (Fonte: Wikipédia).

Veja agora o que o nosso Banco de Dados SABE tem a mostrar sobre a EcoRodovias: “Radar de Desempenho Econômico-Financeiro de 2011 a 2015, comparação 9M2015 X 9M2016”, distribuição de valor adicionado (DVA) e desempenho em bolsa das ações ECOR3 (EcoRodovias ON).

Radar de Desempenho da EcoRodovias - R$Milhões (Consolidado)Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Radar de Desempenho da EcoRodovias – R$Milhões (Consolidado)
Fonte: SABE © powered by MAESTRO

De 2011 a 2015 a EcoRodovias teve um desempenho com crescimento de contas patrimoniais e de resultado, a exceção do resultado líquido que sofreu redução na taxa CAGR motivada pela queda de 76% do lucro de 2014 para 2015. A dívida líquida também cresceu de forma expressiva nos últimos 5 anos. A distribuição de valor adicionado (DVA) da empresa acompanhou o crescimento das receitas líquidas do período com aumento de 8,21% na taxa composta; em 2015 a empresa entregou quase R$1,9 bilhões de valor adicionado a seus stakeholders.

Na comparação dos 9M2015 versus os 9M2016, a EcoRodovias teve redução expressiva de seu patrimônio líquido e um aumento de 5% da dívida líquida. Pelo lado dos resultados, teve queda real de receita, queda expressiva de geração de caixa medida pelo EBITDA e queda do resultado líquido levando a empresa a amargar um prejuízo de pouco mais de R$1 bilhão nos 9M2016. Por outro lado teve um discreto aumento de 4% na distribuição de valor para seus stakeholders.  Veja a seguir como foi o desempenho da ação ECOR3 (EcoRodovias ON).

Evolução Trimestral da Ação ECOR3 (EcoRodovias ON)Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

Evolução Trimestral da Ação ECOR3 (EcoRodovias ON)
Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

De 29/Dez/2011 a 09/Dez/2016 a ação ECOR3 teve uma desvalorização de quase 30%. A cotação ajustada de fechamento do papel saiu de R$10,71 e fechou em R$7,50 no final do período (a cotação máxima foi de R$13,65 em 28/Mar/2013 e a mínima de R$4,95 em 30/Dez/2015). No mesmo intervalo de tempo o Ibovespa subiu 6,60%.

 

COMENTÁRIOS FINAIS

A EcoRodovias faz parte do Setor de Transporte e Logística composto de 19 empresas listadas em bolsa. Em 2015 ocupou a 9ª posição em receitas líquidas com R$1,9 bilhões e leve queda de 1% em relação a 2014. Pela ótica de resultados líquidos a companhia foi a 6ª no ranking com lucro de R$116 milhões, representando queda de 76% em relação a 2014.

Em sua Mensagem sobre o Desempenho do 3º trimestre de 2016, a Administração da companhia informou que o lucro líquido comparável foi de R$67,1 milhões no 3T2016, impactado positivamente pelo aumento no EBITDA pró-forma comparável (R$17,5 milhões) e pela menor despesa financeira (R$43,7 milhões). Sobre a disponibilidade financeira e o endividamento, a empresa informou que a dívida bruta da empresa, excluindo os ativos mantidos para venda (Elog), atingiu R$4.951,1 milhões em Set/2016, aumento de 2,1% em relação a Jun/2016. Contribuíram para esse aumento as correções das dívidas indexadas ao IPCA. A dívida bruta, em 30/Set/2016, excluindo os ativos mantidos para venda (Elog), era composta por 76,4% de vencimentos no longo prazo e 23,6% no curto prazo.

Segundo a companhia, os principais compromissos para o 4T2016 são: R$215 milhões na EcoRodovias Concessões que serão refinanciados no 4T2016, com uma emissão de debêntures ao custo de 114% do CDI, a ser liquidada em 18/Nov e R$230 milhões a serem amortizados até Nov/2016 com recursos próprios (caixa).  (Fonte: Release de Resultados 3T2016 | 9M2016).

A SABE Consultores tem o propósito de “organizar informações financeiras sobre as empresas brasileiras e torná-las acessíveis e úteis” e acredita que as empresas vencedoras e que vieram para ficar são as que perseguem incessantemente valor para TODOS os seus stakeholders. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro2

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre este Artigo.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response